(44) 99949-3599  |  /andrealmenaraoficial


Quatro presos conseguem fugir da cadeia da cidade de Astorga


Quatro homens considerados perigosos planejaram e conseguiram escapar da Delegacia da Polícia Civil de Astorga. A fuga só foi notada pelo policial civil por volta de 9h da manhã de domingo (5). De acordo com a Polícia Civil, um barulho foi percebido no telhado do prédio por volta de 3h da manhã.

Uma equipe da PM de Astorga foi comunicada mas não foi constatado nada pois a escuridão era grande. Quando o dia amanheceu, os policiais subiram no telhado e deram conta da fuga após uma inspeção no solário da cadeia. Os fugitivos usaram alicate como ferramenta para cortar o alambrado para escapar.

Dos quatro presos, dois estavam cumprindo pena na cadeia de Astorga por crimes de homicídios que ocorreram na região em 2016 e 2017. Renan Julio de Aguiar, de 20 anos, que é um dos fugitivos foi preso em abril de 2016 junto com seu pai após terem matado duas irmãs em uma propriedade rural no Distrito de Tupinambá. Renan chegou a trabalhar para as vítimas por um tempo na propriedade rural.

Os suspeitos roubaram 16 cabeças de gado e depois cortaram os pescoços das vítimas de 62 e 67 anos. Pai e filho foram presos logo em seguida pela polícia. Outro fugitivo é Douglas da Silva Conceição, de 24 anos, que matou a ex-namorada de 21 anos em fevereiro de 2017. A vítima foi achada morta em um canavial entre Iguaraçu e Astorga.

A moça que morava em Iguaraçu foi estrangulada por Douglas que não aceitava o fim do relacionamento. Os outros dois presos que fugiram da cadeia de Astorga são: Fabricio Roberto Barbosa, de 31 anos, e Eduardo Henrique Fernandes Souza, de 21 anos. Quem souber da localização desses foragidos entre em contato com a Polícia Militar no 190 da cidade de Astorga. 


Redes Sociais:

Compartilhar no facebook


Copyright © 2013-2017 Logicomp Soluções e TI & Logicomp Studio. Todos os Direitos Reservados