(44) 99949-3599  |  /andrealmenaraoficial


Mototaxista faz corrida até a delegacia com moto furtada e acaba preso


A que ponto chega a ousadia de uma pessoa. Na tarde desta sexta-feira (2), um mototaxista perdeu o juízo e foi com um veículo com queixa de furto no pátio da delegacia da Polícia Civil de Maringá. Se não fosse a experiência de dois policiais militares, talvez a moto não teria sido recuperada.

Logo depois de ser liberado da Cadeia Pública de Maringá por meio de alvará de soltura concedido em audiência de custódia, um jovem de 21 anos apareceu na delegacia junto com o mototaxista Deivid Barbosa de Carvalho, de 27 anos, que pilotava uma Honda Titan com placa de Pitanga. Enquanto o garupa foi buscar seus pertences na carceragem, o piloto da moto ficou aguardando do lado de fora. 

Os soldados Ronei e Rozilda estvam na delegacia fazendo outro tipo de serviço e avistaram o suspeito com comportamento estranho. Os policiais decidiram pedir os documentos do mototaxista. Ao consultar a placa da moto, o veículo estava com queixa de furto. Deivid foi preso no pátio da delegacia e recolhido para o setor de carceragem.

Na ocasião, ele contou para a Polícia Militar que comprou a moto, sem rodas e painel, por R$ 800 de um desconhecido. O vendedor disse que o veículo seria de leilão e que posteriormente entregaria os documentos, no entanto o suposto vendedor sumiu. De acordo com o delegado de plantão, Deivid Barboza foi autuado no crime de receptação. 

 


Redes Sociais:

Compartilhar no facebook


Copyright © 2013-2018 Logicomp Soluções e TI & Logicomp Studio. Todos os Direitos Reservados